DreamONE Menu

R. PEQUETITA, 145 – 1º ANDAR
CONJ. 11/12 – VILA OLÍMPIA
Tel: +55 (11)3045.0228
Email: contato@dreamone.com.br

Blog

Menu MENU

Newsletter:

A difícil arte do desapego

Por: Daniela Neves

1 de novembro de 2017 Adaptar, Criação, Criar, Planejamento

A difícil arte do desapego

É possível que a palavra desapego cause uma sensação de frieza e egoísmo. A palavra desapego é um valor interno que todos devemos aprender e um dia em nossas vidas praticar.

Praticar o desapego não significa abrir mão de tudo o que é importante para nós. Eu penso que, se eu quiser me sentir mais leve, eu posso começar a eliminar os excessos que me rodeiam.

Quando tomamos novas atitudes, conseguimos, aos poucos, mudar nossos padrões mentais. Ou seja, é preciso darmos o primeiro passo rumo à prática de desapego.

Busco constantemente a harmonia em minha vida. É um trabalho que venho fazendo há tempos e posso dizer que estou no caminho certo.

Em uma dessas ações, fiz uma limpeza em meus armários de livros e revistas e, a partir daí, surgiram várias reflexões. Por tudo isso, a simples arrumação de um armário me trouxe muito aprendizado.

Além dos livros e revistas que já li, que para mim não servem mais e podem ser doados e vendidos, nós percebemos que juntamos muitas coisas, que quando temos muito, fica mais difícil a escolha, entre outras reflexões.

Isto só com uma rápida limpeza neste armário. Agora imagina isso em todos os outros aspectos da nossa vida. São móveis, louças, pessoas, roupas, sentimentos, tem muita coisa da qual podemos e devemos nos desapegar.

Lembro-me que uma das práticas de desapego mais difíceis foi de uma coleção de fitas K7 que eu tinha. Doeu, pois foram anos com elas ali, para quando quisesse ouvir aquela música que gravei certa vez na rádio, buscar na memória o que a outra música representou na minha vida.

Vou dizer que deu uma realização e também e até um certo orgulho de mim mesma, por desapegar. E era apego puro, pois não me fez falta!

Vamos escolher abraçar o peso ou vamos abrir nossa vida para a leveza?

Dicas para começarmos a praticar mais o desapego:

Tenha um objetivo

Mudança de estilo de vida – mudança para um lugar menor, mudança de cidade, juntar dinheiro para uma viagem, mudar de emprego…

Faça o desapego por categorias

Hoje a limpeza é nos livros, na outra semana no computador, depois na cozinha e assim por diante. Mesmo que você tenha que dedicar um dia inteiro para cada coisa, faça!

Passe adiante

Não quer mais, não serve, nunca usou, passe adiante. Primeiro coloque no lixo o que não dá mais para ser usado ou reutilizado. Depois separe os itens e pense em quem realmente poderia fazer bom uso dos seus desapegos.

Viva no presente, aceite e assuma sua realidade

Muitas vezes não conseguimos aceitar que nesta vida nada é eterno e permanece sempre igual. Muitas pessoas estão sempre focadas no que aconteceu no passado, e isso se torna um fardo para carregarmos no presente. O passado já foi, foque no que realmente importa: o aqui e agora e liberte-se.

Tudo o que nos cerca tem energia e toda energia parada está sendo desperdiçada. Eu garanto que com um armário mais livre você vai aproveitar muito mais os espaços que sobraram e entender melhor o que realmente falta para que você seja mais feliz com ele! E nos espaços de nossas vidas também. Então, desapega!

E você, está apegado a alguma campanha na sua empresa que não tem trazido resultados? Que tal marcarmos um café para apresentarmos nossas soluções? Entre em contato comigo: daniela@dreamone.com.br 

FacebookGoogle+TwitterLinkedIn

Tags: , , ,